Município de Bataguassu

Bataguassu está localizada no sul da região Centro-Oeste do Brasil, no leste de Mato Grosso do Sul, Microrregião de Nova Andradina. Fundada em 11 de dezembro de 1953.

Área Territorial

2,416 718 km²

Altitude Média

329 m

Latitude

21° 42′ 50″ S

Longitude

52° 25′ 19” O

População

22.084 habitantes (est. IBGE 2016)

Fuso Horário

Fuso horário de Brasília (UTC/GMT-3:00)

Clima

Bataguassu tem clima tropical úmido no verão e seco no inverno, com algumas geadas.

Limites

Bataguassu divisa as suas terras: Norte – com Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo, Sul – Anaurilândia, Leste – Estado de São Paulo, Oeste – Nova Andradina.

Hidrografia

Bataguassu está inserido na Bacia Hidrográfica do Rio Paraná, especificamente na Sub-bacia do Rio Pardo, a qual drena para o Alto Rio Paraná.

Distância da Capital

Bataguassu situa-se aproximadamente a 330 km da capital estadual Campo Grande e 1061 km da capital federal Brasília.

Símbolos Municipais

Bandeira

bandeira_bataguassu

Brasão

brasao_bataguassu

História do Município

Os primeiros homens civilizados à fixar-se nas terras de Bataguassu, foram Manoel da Costa Lima e sua expedição, partindo de Campo Grande para estabelecer a ligação de Campo Grande e o Estado de São Paulo, conseguindo seu intento em 1.904, onde chegaram à foz do rio Pardo no rio Paraná, onde encontraram um local apropriado para um Porto Fluvial, e por ser aquele o dia 15 de novembro, batizaram-no como Porto XV de Novembro.

As primeiras famílias de colonizadores que aqui se fixaram em 1.906, foram as de Manoel da Costa Lima, sua esposa Dona Maria Luiza Nogueira, seus filhos: José, Luciano, Deocleciana, Laurentino, Ovídia, Theodomira, Eleanora, Izarina, Rogaciana e seu sobrinho Joaquim Cecílio e Lima. Estabeleceram-se primeiramente no lugar denominado Sapé, depois espalhando-se e iniciando-se abertura de novas fazendas, das quais a primeira recebeu o nome de “Fazenda Uerê”.

Em 1.927 a Companhia de Viação São Paulo Mato Grosso, fundada pelo Coronel Diederichen, comprou de Manoel da Costa Lima, a concessão do Porto XV de Novembro, a lancha Carmelita, balsa que servia para travessia de boiadas e vinte léguas de terras.

Em 1932, Arthur Diederichen vendeu a Companhia de Viação São Paulo Mato Grosso, incluindo terras, embarcações, pousos de boiadas, armazéns, fazendas e direitos, ao Dr. Jan Antonin Bata, o qual conservou o nome da Companhia.

O Dr. Jan Antonin Bata, nasceu na cidade de Zlim, na antiga Checoslováquia, onde era denominado “O REI DOS CALÇADOS”, naquele país foi um grande industrial. Seu pai era o fundador das Industrias Bata e seu filho Jan foi seu continuador, ampliando suas fábricas em cinco continentes, culto e viajado dominava sete idiomas, perseguido pelos seguidores de Adolf Hitler, exilou-se nos Estados Unidos, de onde veio para o Brasil, onde em 1.941 já havia instalado uma indústria de calçados em Batatuba, no Estado de São Paulo, primeira cidade que fundou no Brasil.

Em 1.942, decidiu criar uma cidade nas terras que adquiriu de Diederichen, no espigão divisor das águas dos Córregos Guassu e Sapé, não muito distante do Rio Pardo, escolheu o local onde seria edificada a cidade de Bataguassu, Além do planejar o loteamento urbano da cidade, fez loteamento rural, construiu as primeiras casas destinadas à seus funcionários, armazém e um pequeno templo católico nele colocando imagens importadas e o primeiro pároco foi o Frei Luiz, montou uma serraria, cuja caldeira fornecia energia elétrica, montou uma cerâmica, leiteria e mais tarde uma granja, sendo portanto, o Dr. Jan Antonin Bata considerado o fundador de Bataguassu.

Em 12 de maio de 1.945, Bataguassu foi escolhido para sede do então Distrito de Ivinhema, fazendo parte do município de Entre Rios, atual rio Brilhante.

Em 11 de Dezembro de 1.953, o então Governador de Mato Grosso – Dr. Fernando Correia da Costa, assinou a Lei 683, que elevou a vila à sede do Município, o qual tinha as mesmas divisas do Distrito de Ivinhema, abragendo as terras que hoje formam os municípios de Bataguassu, Anaurilândia, Nova Andradina, Bataiporã e Taquarussu, a partir desta data foi nomeado Prefeito de Bataguassu, o Sr. Ladislau Deák Filho.

Em 28 de maio de 1.966, foi instalada a Comarca de Bataguassu, com sede nesta cidade, sendo o primeiro Juiz de Direito designado como substituto, foi o Dr. José de Arimathéia Paiva, e o primeiro Juiz Vitalício o Dr. Benito Augusto Tiezze, e o primeiro Promotor de Justiça, o Dr. Marcelo de Ataíde.

Prefeitos e vice-prefeitos de Bataguassu e seus períodos

  • 1° - Ladislau Deak Filho

    De 11 de dezembro de 1953 a 18 de fevereiro de 1955 nomeado.

  • 3º - Lázaro Severino da Silva

    De 31 de janeiro de 1959 a 30 de janeiro de 1963.
    Vice-prefeito: Joel Duarte Hag Mussi. Obs. Renunciou em 15 de abril de 1961.

  • 5º - Adonel Elias Barbosa

    De 31 de janeiro de 1967 a 30 de janeiro de 1970.
    Vice-prefeito: Manuel Pereira Sousa.

  • 7º - Odorilho Ferreira

    De 31 de janeiro de 1973 a 31 de janeiro de 1977.
    Vice-prefeito: José Francisco Xavier.

  • 9º - Ailton Pinheiro Ferreira

    De 1 de fevereiro de 1983 a 31 de dezembro de 1988.
    Vice-prefeito: Antônio Machado de Souza.

  • 11º - Salvador Justo de Sousa

    De 1 de novembro de 1992 a 31 de dezembro de 1992 – assumiu.

  • 13º - Antônio Machado de Souza

    De 1 de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000.
    Vice-prefeito: Aparecido Donizete Thomazini.

  • 15º - João Carlos Aquino Lemes

    De 1 de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2008.
    Vice-prefeito: Zélia Bonfim das Virgens.

  • 17º - Pedro Arlei Caravina

    De 1 de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2016.
    Vice-prefeito: Aparecida Ramos dos Santos Genesio.

  • 2º - Enio Martins

    De 19 de fevereiro de 1955 a 30 de janeiro de 1959.
    Vice-prefeito: Domício de Aragão Bulcão.

  • 4º - Enio Martins

    De 31 de janeiro de 1963 a 30 de janeiro de 1967.
    Vice-prefeito: Gerônimo Gimenes.

  • 6º - Enio Martins

    de 31 de janeiro de 1970 a 30 de janeiro de 1973.
    Vice-prefeito: Ailton Pinheiro Ferreira.

  • 8º - Adonel Elias Barbosa

    De 1 de fevereiro de 1977 a 31 de janeiro de 1983.
    Vice-prefeito: Benedito Facce Varaldo.

  • 10º - Antônio Machado de Souza

    De 1 de janeiro de 1989 a 31 de outubro de 1992.
    Vice-prefeito: Salvador Justo de Sousa.

  • 12º - Ailton Pinheiro Ferreira

    De 1 de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996.
    Vice-prefeito: Valdemar Barbosa da Silva.

  • 14º - Ailton Pinheiro Ferreira

    De 1 de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004.
    Vice-prefeito: Marcos Barbosa Tavares.

  • 16º - João Carlos Aquino Lemes

    De 1 de janeiro de 2008 a 31 de dezembro de 2012.
    Vice-prefeito: Zélia Bonfim das Virgens.

  • 18º - Pedro Arlei Caravina

    De 1 de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020.
    Vice-prefeito: Akira Otsubo.